O QUE É GOLDEN SHOWER?

 

golden-shower

É comum afirmar que, na contemporaneidade, as mídias sociais tem como fundamental característica a difusão massiva de mensagens. No entanto, segundo a teoria de Bruno Latour, a instrumentalização dessas plataforma enquanto mero objeto – meio – é improvável, dado que não é possível dissociar sujeito do objeto na ação.

André Lemos, no texto “Things (and people) are the tools of revolution”, pauta que as mídias sociais foram sujeito nas revoluções pelo Oriente Médio. As revoluções digitais fomentadas através do facebook, twitter e blogs não seriam possiveis sem a instrumentalização das plataformas.

gretchen-local-de-fala

As redes, portanto, enquanto sujeitos, são elementares na construção de pensamentos e fundamentais, no atual contexto, para definições inerentes aos conflitos políticos que se instauram e viralizam através das mídias sociais.

Relacionando o poder de difusão das mídias à linguagem aplicada para a viralização de mensagens, é possível dar notoriedade à ação dos memes na viabilização de discussões através do humor.

Os memes simplificam a linguagem e são fundamentais para difundir ideias. Considerando a importância do meme, vale ressaltar, sobretudo, seu poder de ação para motivar e influenciar comportamentos da esfera política.

A exemplo, cabe citar a forma com que a imagem do atual presidente Jair Bolsonaro foi levantada a partir da difusão de imagens dele com óculos, que indicavam ar de superioridade, entre seus seguidores.

bozo-oculos

Não houve, por parte do candidato à presidência, nenhum discurso passível de notoriedade frente às mídias tradicionais, nenhum diálogo com a sociedade por meio de debate mediado e nenhuma proposta de resolução dos atuais conflitos políticos apresentada diante dos candidatos. No entanto, sua candidatura foi efetiva devido ao compartilhamento massivo de sua imagem nas mídias sociais e da instrumentalização das plataformas para a veiculação de suas ideias.

Esse acontecimento remete à tese proposta por Latour que traz a unificação de sujeito e objeto enquanto “actantes”, isto é, atores humanos e não-humanos que desempenham um papel fundamental na resolução de conflitos políticos. No caso da candidatura de Jair, as redes foram atores fundamentais.

Partindo da análise de Latour, as redes de Jair Bolsonaro seriam sujeito de seu governo. Um exemplo recente referente à influência dos memes nas mídias do presidente da república é a enxurrada de respostas ao presidente em relação ao seu questionamento acerca de animes, após sua saudação à ascensão do imperador Naruhito ao trono japonês. O presidente chegou a reproduzir um meme feito pelos usuários em seu twitter.

bozo-anime

Os memes têm sido muito utilizados para difundir conhecimento de causas políticas – a exemplo da luta por visibilidade das pautas identitárias. Seu poder viral torna viável que a informação atinja diversas parcelas da sociedade e torna possível a abertura de diálogo através de uma linguagem que foge do academicismo.

5486ff5b-ac30-4bb3-a1f5-212167f2cf80c9214564-472d-43be-9e8a-70ef47e5790a                                  57d50bd8-ffb4-4c2e-94a1-454696201b2fa2794fba-e63d-43ad-aaa1-46fd59616e58

Com isso, é possível afirmar, segundo Latour, que os memes não são apenas o meio, mas, assim como as redes, a mídia e os humanos, são actantes do conflito, visto que são fundamentais para que sejam desempenhadas ações, como o exemplo da influência das redes nas revoluções orientais.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s