Boa noite, meu agente do FBI

Os memes, assim como todas as outras interações constituídas na rede, devem ser analisados quanto ao papel que desempenham na relativização da privacidade e captura de dados dos usuários. Segundo Raquel Recuero, há um distanciamento dos atores nas redes digitais. Eles não são facilmente discerníveis. Tratamos então da representação desses atores, que é constituída por suas interações. Essas, por sua vez, são parte das percepções do universo que os rodeia, influenciadas por elas e por suas motivações particulares. Sendo os memes expressão do conhecimento que permeia os indivíduos, que outro mecanismo seria tão eficaz em manifestar informações sobre os atores sociais?

Os memes compartilhados pelos atores refletem suas crenças, conteúdos que lhes interessam, ideologia política, relações sociais, entre outros fragmentos de suas identidade que sugerem aspectos menos visíveis dessas preferências, como, por exemplo, se esse ator é mais suscetível a votar em tal candidato numa eleição presidencial ou se planeja ter uma família em breve.

As sociedades disciplinares e o modelo panóptico, descrito por Foucault em Vigiar e Punir, conhecem uma crise após a Segunda Guerra Mundial, fazendo com que os modelos de confinamento deem lugar a outros instrumentos do biopoder. A vigia das pessoas por uma máquina intimidadora e imponente deixa de explicar claramente os métodos utilizados pelo Capitalismo de Vigilância. Esse processo não é mais representado pelo dispositivo ótico a vista de todos, mas pelas modulações do comportamento dos indivíduos, que tornam-se  “dividuais”, divisíveis, e as massas tornaram-se amostras, dados, mercados ou “bancos” (DELEUZE,1990).

Os memes, dessa forma, revelam características da personalidade dos atores, pequenas partes, frações de um todo.  Esse todo, entretanto, não é confinado, distribuído no espaço, ordenado no tempo. A comunicação memética, tão rápida, eficaz, divertida, é capaz de oferecer dados diversos sobre o usuário, que são captados pelas grandes empresas -vinculadas a muitas outras- onde os memes são publicados. Esse armazenamento de dados não exerce o controle no momento em que ocorre, mas sim no futuro, através da venda desses dados para outras empresas com os fins mais variados possíveis.

As bolhas sociais desempenham um papel significativo na segmentação do público e na filtragem do conteúdo bruto pelos algoritmos de acordo com certas preferências dos usuários. Ao compartilhar um meme sobre algo que nos identificamos, os algoritmos passam a mostrar mais sobre aquele determinado conteúdo. O filtro tem consequências negativas na medida em que as pessoas nem sempre estão cientes dessa filtragem e do modo como ocorre o processo de captura de dados e controle do comportamento.

Segundo Deleuze, “Os confinamentos são moldes, distintas moldagens, mas os controles são uma modulação, como uma moldagem auto-deformante que mudasse continuamente, a cada instante, ou como uma peneira cujas malhas mudassem de um ponto a outro.  O controle é de curto prazo e de rotação rápida, mas também contínuo e ilimitado, ao passo que a disciplina era de longa duração, infinita e descontínua”. Essa nova forma de exercer controle se relaciona diretamente com a configuração das redes. O que se sabe sobre ator a partir de suas postagens é muito pouco, porém muito eficiente para exercer o controle. Além disso, o armazenamento de dados é constante, os memes se renovam a todo momento e cada vez mais são criadas diferentes páginas de memes com segmentação específica para cada perfil.